Pelo menos cinco pessoas morreram nesta terça-feira, entre elas um policial, e outras três ficaram feridas em ataques cometidos em diversas províncias do Iraque, informou uma fonte do Ministério do Interior.

A fonte assegurou que duas pessoas armadas atacaram um veículo, o que causou a morte de quatro dos passageiros e deixou dois feridos, no bairro de Al Auroba, na cidade de Kirkuk, ao norte da capital iraquiana.

Um professor da universidade de Kirkuk ficou ferido após ser alvejado por um grupo armado no bairro de Al Qadesiya, na mesma cidade.

A fonte acrescentou que um inspetor do Ministério do Interior morreu hoje por uma bomba colocada debaixo de seu veículo e que explodiu durante sua passagem pelo bairro de Al Amil, em Bagdá.

Ontem, pelo menos sete pessoas morreram pela explosão de um carro-bomba em uma das entradas da chamada Zona Verde de Bagdá, onde se encontram as sedes do governo e o Parlamento iraquianos.

O Iraque vive atualmente uma onda de violência com atentados dirigidos principalmente contra alvos xiitas e forças de segurança, intensificada desde a saída definitiva das tropas americanas do país, em 18 de dezembro do ano passado.