Autoridades do Peru ordenaram a evacuação preventiva de 4 mil pessoas que vivem perto do vulcão Ubinas, que tem jorrado nuvens de cinzas a até 4 quilômetros de altura.

A agência de notícias Andina citou o ministro da Agricultura, Juan Benites, dizendo que levará três dias, contando a partir de hoje, para retirar os residentes de dois distritos no sul e seus 30 mil animais, entre ovelhas, vacas, cavalos, burros e outros.

O ministério da Saúde do Peru disse que cerca de 40 pessoas reclamaram de inflamação nos olhos e problemas estomacais devido às cinzas despejadas pelo Ubinas desde 29 de março.

O vulcão Ubinas, de 5.672 metros, é o mais ativo do Peru. O seu período de erupção mais recente ocorreu entre 2006 e 2009. Fonte: Associated Press.