Companhias de petróleo mantêm paralisação parcial de suas atividades, neste sábado, 5, com a passagem da tempestade tropical Karen, no Golfo do México. A informação é de reguladores do governo norte-americano. Com a paralisação, as petrolíferas poderão deixar de produzir, por dia, 866 mil barris e 1,83 bilhões de pés cúbicos de gás natural, o que representam 60% e 48%, respectivamente, do total produzido na região.

A tempestade tem perdido força desde sexta-feira, com ventos de 64 km/h. De acordo com o Centro Nacional de Furacões, ao meio-dia deste sábado, ela estava estacionada a 305 km a sudeste da foz do rio Mississippi.

Segundo informações da Agência de Segurança Ambiental dos EUA, as companhias de petróleo já evacuaram 270 plataformas de produção, aproximadamente metade do total de instalações da região.

Entre as empresas paradas está a BP, que é uma das maiores do Golfo. A Marathon Oil Corp., Murphy Oil Corp. e a Royal Dutch Shell PLC também anunciaram paralisação de suas atividades.

As companhias que operam no lado oeste do Golfo já começaram a retomar suas atividades. A Chevron Corp., localizada na região central, anunciou que seus funcionários já estão retornando para as plataformas. Fonte: Dow Jones Newswires.