A força antipirataria da União Europeia (UE) disse que piratas somalis sequestraram um navio cargueiro, com bandeira de Malta, no Golfo de Áden. Segundos relatos, o navio maltês Olib G e sua tripulação de 18 pessoas, dos quais 15 são marinheiros georgianos e 3 são turcos, foi abordado na manhã de hoje.

O navio da Marinha norte-americana USS Princeton recebeu um pedido de socorro e informou que um sequestro poderia estar em curso, mas não conseguiu contatar o navio. Um helicóptero do USS Princeton, contudo, identificou dois piratas a bordo, disse o comunicado. O cargueiro de Malta trafegava em um corredor recomendado pelas forças navais de patrulha no Golfo de Áden.