O Departamento de Polícia de Nova York afirmou nesta segunda-feira que um afegão naturalizado norte-americano foi preso após a explosão em Manhattan, que deixou 29 feridos.

Segundo o prefeito Bill de Blasio, o indivíduo é Ahmad Khan Rahami, de 28 anos.

Autoridades ainda trabalham para determinar se há alguma conexão entre os vários explosivos encontrados no fim de semana em dois Estados, Nova York e Nova Jérsei.

Na noite de ontem, agentes do FBI no Brooklyn interromperam “um veículo suspeito” de estar ligado com a explosão em Manhattan, de acordo com a porta-voz, Kelly Langmesser.

Ela não deu mais detalhes, mas uma autoridade encarregada do caso afirmou que as cinco pessoas dentro do carro foram questionadas pelo FBI.

No sábado, o governador de Nova York, Andrew Cuomo, afirmou que as investigações iniciais não davam conta de haver uma ligação com o terrorismo internacional. Em visita ao local onde a bomba feriu 29 pessoas, no bairro de Chelsea. Fonte: Associated Press.