A polícia francesa usou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar um grupo de manifestantes que protestava contra as mudanças climáticas. A capital do país, Paris, está sob forte esquema de segurança para a COP 21, que começa oficialmente amanhã e deve contar com a participação de quase 150 chefes de Estado.

Ambientalistas e outros ativistas espalharam centenas de pares de sapato na Praça da República, em Paris, como forma de protestos, já que as manifestações populares estão proibidas em função dos ataques terroristas do último dia 13, que deixaram 130 mortos. Os manifestantes querem que os líderes globais reunidos na conferência da ONU cheguem a um acordo para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa e ajudar os países mais pobres a lidar com as mudanças climáticas. Fonte: Associated Press.