A polícia basca prendeu neste domingo (1º) um suspeito membro do grupo separatista ETA que planejava um ataque à bomba poucas horas antes das eleições regionais no País Basco. A prisão ocorreu na cidade de Billabona.

O suspeito já estava sendo vigiado há algum tempo, e a polícia o prendeu quando “notou atos suspeitos que poderiam estar relacionados à preparação de um ataque à bomba iminente.”

Após a prisão, ao fazer uma busca em uma casa, a polícia encontrou materiais utilizados na fabricação de bombas, incluindo um detonador e explosivos de um tipo geralmente usado pelo ETA. As informações são da Dow Jones.