A polícia francesa entrou e revistou o apartamento da diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, em Paris. A informação foi divulgada há pouco pela rede de televisão BBC.

Segundo a emissora britânica, policiais e promotores estiveram no apartamento em busca de documentos sobre um processo que envolve Lagarde e o empresário Bernard Tapie.

No processo, Lagarde é investigada sobre a hipótese de abuso de autoridade em 2008, quando a atual chefe do FMI era ministra de Finanças na França.

Segundo a BBC, a Justiça tenta averiguar se Lagarde atuou corretamente em um processo de arbitragem que envolve Tapie e o banco Credit Lyonnais.

Empresário e político, Tapie é conhecido por recuperar empresas com dificuldades financeiras. A atual diretora-gerente do FMI nega qualquer irregularidade no caso.