A polícia egípcia usou gás lacrimogêneo contra manifestantes e cercou a praça Tahrir no Cairo em meio a protestos de apoiadores islamitas do presidente deposto Mohammed Morsi.

As forças de segurança isolaram a praça com tanques e arame farpado, desviado trânsito no local, quando milhares de manifestantes marchavam a partir de diversos distritos da cidade. Os apoiadores de Morsi tinham como objetivo protestar na praça.

Os agentes também usaram gás lacrimogêneo e atiraram para cima em outros locais da cidade em meio a confrontos entre moradores e manifestantes. Fonte: Associated Press.