O ex-primeiro-ministro polonês e antigo ativista do movimento Solidariedade Jerzy Buzek foi eleito hoje presidente do Parlamento Europeu. O político de 69 anos conseguiu os votos de 555 dos 736 deputados na eleição realizada em Estrasburgo, na França. A escolha do presidente da Casa encabeçou a pauta da sessão inaugural da nova legislatura europeia, eleita em junho.

Buzek é o primeiro representante do bloco oriental a se tornar presidente do Parlamento Europeu, mas a escolha não foi uma surpresa. Antes da votação ele já havia assegurado o apoio dos democratas cristãos, dos socialistas e dos liberais. Juntos, esses três grupos detêm 533 cadeiras do Parlamento Europeu.