O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta terça-feira, que é “muito pequena”, embora não esteja descartada, a possibilidade de o Brasil dar apoio logístico e autorizar a passagem de tropas estrangeiras no País para uma eventual ação militar na Venezuela.

“Nós não estamos nesse momento imaginando o uso de nosso território por outras nações que porventura venham a operar em território venezuelano. A probabilidade é muito pequena”, afirmou Rêgo Barros, quando questionado sobre a possibilidade de uma ação em suporte aos Estados Unidos.