O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, renunciou hoje ao cargo de presidente do comitê executivo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), num sinal de desunião dentro da liderança palestina.

Abbas continuará como presidente da Autoridade Palestina, que governa a Cisjordânia, casa de cerca de 4 milhões de palestinos. Sua renúncia ainda deverá ser apresentada por escrito e poderá desencadear a primeira eleição interna para a liderança do comitê da OLP desde 2009.

Autoridades palestinas e analistas disseram que Abbas, que tem se enfraquecido por disputas tanto internas como devido ao impasse com Israel, pode estar procurando uma nova votação para ser reeleito em melhor condição e, assim, reforçar sua posição. Fonte: Dow Jones Newswires.