O Hospital Universitário de Heidelberg, na Alemanha, afirmou em, um comunicado, que o presidente do Egito, Hosni Mubarak, deixou o hospital neste sábado e voltará ao seu país “completamente recuperado” da cirurgia para remover a vesícula biliar a que foi submetido em 6 de março. O mandato de Mubarak, 81 anos, termina no ano que vem. As informações são da Associated Press.