Moradores e ativistas dos direitos humanos dos imigrantes se reuniram em Southwest Ranches, no Estado da Flórida (EUA), após tomarem conhecimento de que uma empresa privada pretende construir na comunidade o maior centro de detenções para pessoas que não possuem autorização para viver nos Estados Unidos.

A reunião aconteceu na noite de quinta-feira em Southwest Ranches, comunidade de alto padrão no condado de Broward. A maior empresa privada que administra prisões nos EUA, a Corrections Corporation of America, planeja construir o centro de detenções com capacidade para 2 mil imigrantes clandestinos em Broward. Em 2005, a empresa assinou um contrato com a comunidade de Southwest Ranches para construir uma prisão privada no local, a qual ficará ao lado do parque nacional de Everglades. Pelo acordo assinado, a comunidade receberá um porcentual de dinheiro repassado pela Corrections Corporation of America, a qual será paga pelo Departamento de Segurança Interna do governo americano.

O governo dos EUA pagará a empresa para cada cama ocupada por um detento na prisão.

As informações são da Associated Press.