Quatro pessoas, entre elas um médico cubano, morreram hoje quando o avião no qual viajavam caiu na região noroeste da Colômbia. O Departamento de Aviação Civil informou, em comunicado, que a aeronave acidentada foi um ‘Cessna 172’ de matrícula HK-4631, da empresa ALAS”. O avião fazia a rota entre as cidade de Bucaramanga e Málaga, ambas no departamento (Estado) de Santander. O acidente ocorreu “quando a aeronave se aproximava de seu destino”.

O comandante de polícia de Bucaramanga, general Yesid Vásquez, explicou aos jornalistas que o médico cubano Luis Ramón Berrezuela trabalhava havia cinco anos na Colômbia. “Imagino que ia fazer um trabalho médico” porque Berrezuela viajava na companhia de uma enfermeira, disse Vásquez.

As outras vítimas foram identificadas como Víctor Amado, Alba Hernández y Mariela Rivera. “Uma comissão do Departamento de Aviação Civil integrada por membros do Serviço Aéreo de Resgate e por investigadores se dirigiu ao local do acidente para recolher informações que possam estabelecer as possíveis causas que provocaram o acidente”, segundo o comunicado.