A queda de um avião no centro da cidade de Goma, leste do Congo, deixou sete mortos e três feridos, informaram autoridades congolesas nesta terça-feira.

O piloto ucraniano do avião da Compagnie Africaine d’Aviation (CAA) conseguiu se desviar dos prédios da área, que é densamente povoada, e levou a aeronave até as cercas dos quintais de um projeto habitacional.

O avião havia partido da cidade de Kananga, sudoeste do país, realizado uma escala em Lodja e estava a caminho de Goma quando caiu.

“Houve uma tempestade e ouvimos um barulho alto. Saímos e vimos o avião no quintal. Eu não tinha me dado conta de que a aeronave havia caído, estava impressionada com o barulho”, disse Lauren Welsh, moradora de uma casa próxima.

Com a chegada da noite, o grupo de resgate chegou ao local e começou a retirar os corpos de seis pessoas da aeronave. O corpo de um dos tripulantes ainda está desaparecido, disse um funcionário da empresa aérea, que falou em condição de anonimato.

A fonte e membros da equipe de resgate confirmaram que dez pessoas estavam a bordo. Dentre os mortos há cinco tripulantes – dentre eles o piloto – e um passageiro. Três homens congoleses sobreviveram e foram levados ao hospital. As informações são da Associated Press.