O ministro de Economia da Grécia, Giorgos Stathakis, afirmou que os parlamentares do partido Syriza, do governo, que não apoiam a nova proposta do país para um terceiro resgate de sua dívida com os credores internacionais devem renunciar e ceder seus assentos no parlamento grego. “Isso é o que eu faria”, disse Stathakis para o canal de televisão Mega.

Dezesseis dos 149 políticos do Syriza – incluindo dois ministros – não votaram a favor das novas medidas de austeridade, aprovadas na manhã deste sábado, que autorizam o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, a negociar um terceiro resgate.

Outros 15 parlamentares do partido, incluindo dois vice-ministros, escreveram uma carta para o governo afirmando que não irão mais apoiar novas medidas de austeridade.

A decisão do parlamento grego neste sábado levantou especulações sobre a criação de um possível governo de unidade nacional e eleições antecipadas. Fonte: Associated Press.