O Exército do Quênia divulgou neste sábado os nomes dos quatro atiradores responsáveis pelo ataque, em setembro, a um shopping de Nairóbi, no Quênia, que deixou pelo menos 69 mortos. Os homens foram identificados como sendo o sudanês Abu Baara al-Sudani, o queniano Omar Nabhan, o somali americano Khattab al-Kene e Umayr, cuja nacionalidade não foi revelada. O grupo extremista islamita da Somália al-Shabaab, ligado à rede terrorista Al Qaeda, assumiu a autoria do atentado ocorrido no dia 21 de setembro.

“Não há outros atiradores. Apenas esses quatro. E não há mulheres”, disse o porta-voz do Exército, Major Emmanuel Chirchir. Inicialmente oficiais quenianos disseram que 10 a 15 pessoas teriam sido responsáveis pelo ataque, entre eles mulheres e que havia tanto cidadãos americanos como britânicos entre eles. Várias testemunhas afirmaram que havia mulheres entre os atiradores, incluindo uma mulher branca. Fonte: Dow Jones Newswires.