Um projeto de lei para convocar um referendo sobre uma nova reeleição para o presidente colombiano, Álvaro Uribe, deve ser votado hoje na Câmara dos Deputados. A situação tem em princípio maioria suficiente para passar o texto, mas pode haver divergências internas sobre um terceiro mandato. Caso aprovada, a medida segue para análise judicial. Mas se for derrubado, o projeto encerra a possibilidade de Uribe seguir na presidência do país.

Se o texto passar tanto na Câmara dos Deputados como no Judiciário, os colombianos decidirão em referendo sobre a alteração na Constituição para permitir uma segunda reeleição. No entanto, alguns deputados já alertaram para os riscos de um novo mandato de Uribe à democracia, pela ausência de alternância de poder. Além disso, vários dirigentes da situação almejam a presidência. Os promotores do referendo afirmam ter os 84 dos 166 votos suficientes para aprovar a medida. Uribe, de 57 anos, foi reeleito em 2006. As próximas eleições ocorrerão em maio de 2010.