Um pastor evangélico norte-americano anunciou no fim da tarde de hoje que cancelou o plano de queimar o Alcorão em 11 de setembro, cedendo a críticas de líderes de diferentes religiões pelo mundo e do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.