O ex-governador texano Rick Perry afirmou na sexta-feira que suspendeu sua campanha presidencial, encerrando efetivamente sua candidatura para a nomeação republicana. Falando em um fórum em St. Louis, Perry disse que tinha sido um “privilégio” e uma “honra” viajar pelo país e falar com os americanos durante a sua curta participação na disputa.

Com a sua partida, Perry torna-se o primeiro forte candidato a deixar a prévia republicana, meses antes das primeiras cédulas serem registradas em Iowa e New Hampshire. A saída de Perry deixa 16 principais candidatos na disputa republicana antes do segundo debate, previsto para ser hospedado pela CNN na quarta-feira.

Em declarações na sexta-feira, Perry disse que o Partido Republicano tem “um enorme campo de candidatos” e disse que ele deixa a disputa ao “saber que o partido está em boas mãos, contanto que nós escutemos as raízes”.

Perry, que serviu como governador por 14 anos, já foi visto como uma estrela em ascensão na política republicana. Mas desde que saiu da mansão do governador, no início deste ano, Perry teve dificuldades para ganhar força em um campo republicano lotado, que logo tornou-se dominado pelo empresário Donald Trump. A eleição presidencial nos EUA ocorre em 2016, mas os partidos republicano e democrata estão em campanhas prévias para a escolha de seus candidatos. Fonte: Dow Jones Newswires.