A Rússia criou uma lista de figuras públicas da União Europeia que não serão autorizados a entrar no país, confirmaram as autoridades do bloco neste sábado. A decisão russa foi revelada após uma série de políticos da UE terem entrada negada ao chegar na Rússia.

As autoridades disseram que os indivíduos estavam em uma lista confidencial. A UE e Estados membros questionaram repetidamente Moscou sobre a lista. A UE também negou vistos a dezenas de funcionários russos e legisladores do país nos últimos 14 meses por causa do papel de Moscou no conflito no leste da Ucrânia.

“Tomamos nota de que as autoridades russas decidiram compartilhar a lista. Não temos qualquer outra informação sobre a base jurídica, critérios e processos”, disse Maja Kocijancic, porta-voz da chefe de política externa do bloco, Federica Mogherini.

A UE não confirmou quem estava na lista, nem a embaixada da Rússia na UE. O ministério das Relações Exteriores da Rússia também não fez comentários.

No entanto, Jacek Saryusz-Wolski, um membro polaco do Parlamento Europeu, publicou uma mensagem no Twitter com uma lista de 89 nomes que incluem a si mesmo. Saryusz-Wolski disse que a lista era a oficial e havia sido comunicada às embaixadas da União Europeia por parte das autoridades russas.

“É uma honra estar nesta lista. Porque se o Kremlin diz que eu sou hostil ou perigoso, isso significa que eu estou fazendo meu trabalho direito”, disse o legislador, que tem sido um proeminente crítico das políticas do Kremlin na Ucrânia.

Outros nomes na lista incluem o ex-vice-primeiro-ministro britânico Nick Clegg e o ex-primeiro-ministro belga Guy Verhofstadt, que também é o atual líder da Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa no Parlamento Europeu.

Também foram citados Uwe Corsepius, que será um dos principais assessores da chanceler alemã, Angela Merkel; Andrew Parker, o diretor-geral do Serviço de Segurança do Reino Unido, MI5; e uma série de oficiais militares. Não há líderes atuais da UE ou ministros de relações exteriores na lista. Fonte: Dow Jones Newswires.