Oficialmente, a Rússia é considerada democrática, mas a verdade é que trata-se de um dos países mais machistas do mundo.

Para tentar amenizar um pouco dessa fama, o governo está promovendo um concurso para eleger a mais bela policial do país. É uma das profissões em que as mulheres mais sofrem preconceito, mas ainda elas consegue atuar.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), as mulheres não podem exercer atividade em 456 tipos de trabalho naquele país

Apesar da iniciativa do governo russo ter boa intenção de tentar abrir caminho para as mulheres na sociedade, eleger a policial mais bela pode ser considerado uma ação sexista, já que está mirando no estereótipo da beleza e não da eficiência, o que realmente importa em qualquer tipo de atividade, independente do gênero.

policial-2
Kristina Luneva (Volvogrado)./Reprodução:internet
Policial-1
Elizaveta Kadetova (Moscou)./Reprodução: Internet
policial-6
Inna Nechaeva (Volvogrado)./Reprodução: Internet
policial-5
Anna Sergeeva (Voronezh)/Reprodução: Internet
policial-4
Karina Kuznetsova (Chekhov)./Reprodução: Internet