A Rússia afirmou nesta segunda-feira que não permitirá a criação de uma zona de exclusão aérea sobre a Síria. Relatos apontam que o plano seria uma medida elaborada pelos Estados Unidos.

“Nós vimos com o exemplo da Líbia como a zona de exclusão aérea é introduzida e implementada. Não queremos repetir isso em relação ao conflito na Síria. Não pretendemos permitir tal cenário”, disse o porta-voz do ministério de Relações Exteriores da Rússia, Alexander Lukashevich. Fonte: Dow Jones Newswires.