O presidente da França, Nicolas Sarkozy, teve alta hoje do hospital em que passou a noite. Ele estava internado após desmaiar ontem enquanto praticava cooper. Os médicos que examinaram Sarkozy, de 54 anos, disseram que ele desmaiou por causa do calor e do excesso de trabalho. Eles recomendaram descanso, mas não prescreveram nenhum tratamento médico, informou a assessoria de imprensa de Sarkozy.

Exames médicos realizados hoje não mostraram batimentos cardíacos irregulares nem sequelas no coração de Sarkozy, diz nota da assessoria de imprensa do presidente. O líder francês deixou o hospital militar de Val de Grace de mãos dadas com sua esposa, a primeira-dama Carla Bruni. Ele sorriu e cumprimentou médicos ao sair, mas não conversou com os jornalistas.