O secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, afirmou que não está “preocupado” que o presidente Donald Trump tenha divulgado informações confidenciais a autoridades russas.

Nesta terça-feira, ele afirmou que discutiu com três aliados, incluindo dois que são membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e que a questão “nunca chegou” a ser pauta. Mattis disse, ainda, que não tem detalhes sobre a conversa que Trump teve com as autoridades russas durante a visita do ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, à Casa Branca na semana passada.

A Casa Branca defendeu as conversas de Trump com os russos, ao afirmar que elas foram “totalmente apropriadas”. O presidente disse que compartilhou fatos relacionados ao terrorismo e à segurança das companhias aéreas. As revelações geraram críticas acentuadas dos democratas e republicanos no Congresso e levantaram questões sobre o tratamento de Trump a informações consideradas sigilosas. Fonte: Associated Press.