O senador norte-americano John McCain afirmou neste sábado que os Estados Unidos devem prover mais armas de defesa ao Vietnã. O comentário foi feito em meio a tensão crescente entre Washington e Pequim em relação às demandas territoriais dos chineses no Mar do Sul da China.

McCain participou de um encontro do Instituto Internacional para Estudos Estratégicos hoje e disse que quer uma remoção gradual do banimento às vendas de armas. Para ele, os Estados Unidos deveriam fornecer a países da região armamentos de defesa em caso de um eventual conflito com a China.

Segundo uma autoridade norte-americana, o secretário de Defesa Ash Carter irá se encontrar com autoridades no Vietnã nos próximos dias para discutir a possibilidade de enviar equipamentos de defesa marítimos, que são permitidos, apesar de Washington banir a venda de armamentos ao país.

Os Estados Unidos não enviam armas letais a Hanói desde que comunistas tomaram o poder ao final da Guerra do Vietnã. O embargo data de 1984 e foi imposto em meio a preocupações com a postura do governo autoritária no que se refere a direitos humanos. Fonte: Associated Press.