Após o acordo entre a Aftra, sindicato que representa a maioria dos artistas de televisão e rádio dos Estados Unidos, e a AMPTP, o sindicato dos produtores, o SAG, no qual está inscrita grande parte das estrelas de Hollywood, retomou as negociações contratuais, interrompidas no último dia 7 de maio.

As renovações poderão se estender até o próximo dia 30 de junho, quando terminam os contratos dos atores, que, no entanto, poderão ser renovados diariamente para permitir a continuação das negociações.

No dia 1 de julho, no entanto, entrará em vigor o novo acordo assinado pela Aftra, que prevê direitos sobre transmissões na Internet e para a venda de DVDs.

A SAG informou que é improvável que aceite os mesmos termos da Aftra, que renunciou aos direitos sobre a utilização de clipes tirados de filmes para usos diversos na promoção de filmes.

Os três meses de interrupção nas produções cinematográficas e televisivas devido à greve dos roteiristas da Writers Guild, que durou de 5 de novembro 2007 a 12 de fevereiro de 2008, levou a um prejuízo de cerca de US$1,5 bilhão.