Os diplomatas envolvidos na organização de uma conferência para discutir a paz na Síria não conseguiram chegar a um acordo em torno da data do evento, lamentou hoje em Genebra o enviado especial da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Liga Árabe a Damasco, Lakhdar Brahimi.

“Os diplomatas ainda empenham-se para ver se será possível realizar a conferência antes do fim deste ano”, disse Brahimi.

Pouco antes, depois de um diálogo que estendeu-se por toda a terça-feira, representantes do governo sírio deixaram claro que consideram a conferência um processo político, “e não uma transferência de poder ou formação de um órgão de transição”. Fonte: Associated Press.