O governo sírio concordou “em princípio” com a visita de uma missão de observadores da Liga Árabe ao país, disse um funcionário sírio nesta sexta-feira. Mas a fonte, que pediu anonimato, disse que ainda estão sendo estudado os detalhes da iniciativa.

A Liga Árabe suspendeu a Síria esta semana por causa da violenta repressão a protestos pacíficos nos últimos oito meses. A entidade com 22 membros se dispôs a enviar centenas de observadores à Síria, para tentar ajudar a acabar com a violência. A ONU estima que mais de 3.500 pessoas já tenham morrido na repressão. As informações são da Associated Press.