Os sistemas de resfriamento voltaram a funcionar em quarto piscinas de resfriamento na usina nuclear de Fukushima, mais de 24 horas depois de uma falha de energia ter interrompido o fornecimento de água resfriada para o local e ter elevando temores sobre a instalação, que funciona com equipamentos improvisados.

A Tokyo Electric Power Co (Tepco), empresa que opera usina, disse que o sistema de resfriamento da piscina da usina Fukushima Dai-ichi foi consertado na manhã de quarta-feira (horário local). A companhia informou que as temperaturas na piscina estavam dentro dos níveis de segurança e que os reatores não foram afetados.

A empresa disse que funcionários ainda tentam determinar a causa da falha, que teve início após uma breve interrupção do fornecimento de eletricidade, na noite de terça-feira.

Um forte terremoto e subsequente tsunami, ocorrido em março de 2011, causaram extensos danos à instalação. As informações são da Associated Press.