A Cruz Vermelha da Nigéria disse que pelo menos 16 pessoas morreram após um o ataque com um carro-bomba contra escritórios da Organização das Nações Unidas (ONU) na capital do país, Abuja.

Umar Mairiga, chefe do departamento de gestão de desastres da organização, disse à Associated Press que pelo menos 11 pessoas ficaram feridas e que acredita que o número de vítimas deve ser bem maior.

Testemunhas disseram à Associated Press que um veículo sedan invadiu o complexo da ONU, passando por dois portões enquanto os guardas tentavam impedi-lo. De acordo com os presentes, o suicida bateu o carro contra a recepção do prédio antes de detonar os explosivos, provocando danos ainda maiores. As informações são da Associated Press.