O número de mortes decorrentes do surto da bactéria Escherichia coli (E.coli), centrado no norte da Alemanha, subiu para 25, depois que duas mulheres, com 88 e 74 anos de idade, morreram no Estado da Baixa Saxônia, informaram hoje autoridades. As duas faleceram em 1.º de junho e 31 de maio, respectivamente, de complicações ligadas à E.coli enterohemorrágica (EHEC), de acordo com autoridades estaduais.

Dos 25 casos de morte relatados desde meados de maio, 24 ocorreram na Alemanha. A outra vítima foi uma mulher na Suécia, que havia recentemente voltado do país. Autoridades ainda não identificaram a origem do surto, que deixou mais de 2.300 pessoas doentes em pelo menos 14 países. Consumidores alemães foram aconselhados a evitar brotos, pepinos, tomates e alface cru. As informações são da Dow Jones.