O sobrinho do dalai-lama, líder espiritual do Tibete, morreu atropelado em uma rodovia em que era realizada uma marcha a favor da independência tibetana, informou hoje a polícia rodoviária do Estado da Flórida, nos Estados Unidos. Jigme K. Norbu, de 45 anos, foi atropelado na noite de ontem na margem da rodovia por um veículo dirigido por Keith O’Dell, de 31 anos, que transportava seu filho de cinco anos. Os dois nada sofreram, informou a Patrulha Rodoviária estadual. A polícia divulgou poucos detalhes a mais sobre o acidente.

Norbu, que vivia em Bloomington, Estado de Indiana, era um ativista pelos direitos do povo tibetano e começou ontem uma “Caminhada pelo Tibete”, a qual pretendia cobrir 500 quilômetros, de Saint Augustine a West Palm Beach, informou o grupo do ativista, o Embaixadores pela Paz Mundial.

O sobrinho do líder tibetano já estava morto quando os serviços de emergência chegaram ao local do acidente, 40 quilômetros ao sul de Saint Augustine, na rodovia estadual A1A, informou o relatório policial. O’Dell não sofreu acusações, uma vez que não ficou claro se o ativista estava no acostamento ou na pista da rodovia no momento do impacto.

Norbu, filho do irmão mais velho do dalai-lama, Takser Ripoche, fez várias outras caminhadas semelhantes, incluída uma em 2009 do Estado de Indiana à cidade de Nova York. As informações são da Associated Press.