Com 25% dos votos apurados, os social-democratas estão liderando as eleições parlamentares na República Checa, que tiveram início ontem e estão sendo concluídas neste sábado.

Segundo a parcial da votação, os social-democratas têm apoio de 22,13% dos eleitores, à frente do novo movimento populista ANO (18,61%), do bilionário Andrej Babis, e dos comunistas (17,08%).

A aparente guinada para a esquerda é vista como uma reação dos checos à corrupção no governo de centro-direita e à adoção de medidas de austeridade. Fonte: Dow Jones Newswires.