A coalizão no Afeganistão informou que um homem armado, usando uniforme afegão, começou a atirar antes de ser morto na periferia da capital do país. O porta-voz do ministério da Defesa de Cabul, General Mohamed Zahir Azimi, confirmou que um soldado afegão foi morto durante uma troca de tiros em uma instalação militar.

De acordo com ele, um membro da Força Internacional de Assistência para Segurança (missão liderada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte – Otan) foi ferido na perna, mas Azimi não abriu mais detalhes.

A FIAS confirmou que nenhum de seus funcionários foram mortos, mas não forneceu outros detalhes, nem a nacionalidade dos envolvidos. Tais ataques internos por tropas afegãs, ou insurgentes em seus uniformes, já deixou 15 soldados estrangeiros mortos neste ano. Fonte: Associated Press.