Anders Behring Breivik, homem de 32 anos suspeito de ser o autor dos atentados de sexta-feira na Noruega, disse que agiu sozinho, informou a polícia norueguesa em uma coletiva de imprensa neste domingo, sem descartar, contudo, a possibilidade de que outros estejam envolvidos no massacre.

A polícia norueguesa também revelou que levou cerca de uma hora desde a primeira chamada de socorro até que as equipes táticas prendessem Breivik, que ainda tinha “muita munição.” Autoridades da polícia local disseram cooperar com a Interpol e outros policiais estrangeiros na atual investigação. As informações são da Dow Jones.