Um mandado de prisão foi emitido para o 12º suspeito em conexão com o atentado de 17 de agosto em Bangcoc. O incidente deixou 20 pessoas mortas. O porta-voz da polícia, o tenente-general Prawut Thavornsiri, disse neste sábado que a acusação contra Abudusataer Abudureheman se deve a posse ilegal de material militar.

A polícia identificou o suspeito como uma pessoa de 27 anos de étnica uigur da China, que também usa o nome “Ishan”. Autoridades tailandesas disseram na sexta-feira que eles pensam que Ishan pode ter fugido para a China e pediram às autoridades locais para localizá-lo.

O primeiro-ministro tailandês, Prayuth Chan-ocha, indicou que os culpados podem ter sido de uma quadrilha envolvida em contrabando de uigures, da região chinesa de Xinjiang, enquanto outros especulam que podem ser separatistas ou extremistas islâmicos irritados que a Tailândia recentemente repatriou mais de 100 uigures para a China. Fonte: Associated Press.