Os primeiros navios de apoio às vítimas do tufão Morakot chegaram hoje a Taiwan carregados com material para construção de casas pré-fabricadas e tabletes purificadores de água. Grã Bretanha e China estão enviando materiais para ajudar na reconstrução das mais de sete mil casas que foram destruídas pelo Morakot, o pior tufão que atingiu o país desde 1959, quando um outro provocou a morte de 600 pessoas.

O primeiro-ministro de Taiwan disse ainda que os Estados Unidos estão enviando helicópteros capazes de carregar guindastes e escavadoras para ajudar nas operações de resgate e na reconstrução das estradas. Segundo o governo taiwanês, mais de 59 países já ofereceram ajuda.

As chuvas provocadas pelo tufão destruíram dezenas de vilarejos na região montanhosa ao sul de Taiwan e provocaram a morte de mais de 500 pessoas no país. Até ontem à noite, o governo ainda trabalhava para resgatar as 4.224 pessoas que estão nas ruínas, nas áreas de deslizamento e alagadas após a passagem do Morakot.