O chefe do Escritório de Segurança de Taiwan, Tsai De-sheng, disse nesta segunda-feira que a ilha tinha recebido um alerta sobre possíveis ataques terroristas na China, em meio à sessão parlamentar anual chinesa.

Tsai informou a uma comissão legislativa nesta segunda-feira que o escritório repassou um alerta de planejamento de ataques contra o aeroporto de Pequim e o sistema de metrô da cidade para autoridades chinesas logo após o recebimento, em 4 de março.

A sessão anual do Congresso Nacional do Povo da China, que abriu no dia 5 de março, termina na quinta-feira.

Tsai salientou ainda que o recebimento do aviso levou à intensificação das medidas de segurança em aeroportos de Taiwan, especialmente em voos com destino a Pequim.

A autoridade disse que o alerta não tinha relação com o voo da Malaysia Airlines que desapareceu quando seguia de Kuala Lumpur, na Malásia, para Pequim. Fonte: Associated Press.