As explosões em Kaohsiung, segunda maior cidade de Taiwan, no início desta semana foram provavelmente desencadeada por um vazamento numa tubulação de gás subterrânea de propriedade da indústria química LCY Chemical, segundo investigações iniciais do governo.

Na noite de quinta-feira, uma série de explosões sacudiu Kaohsiung, que é um importante polo petroquímico. As explosões foram seguidas por incêndios. Ao menos 27 pessoas morreram, 286 ficaram feridas e duas estão desaparecidas. Quatro bombeiros estão entre os mortos. Muitas ruas ainda estão cheias de escombros e milhares de casas continuam sem água e eletricidade.

De acordo com a Agência de Proteção Ambiental de Kaohsiung, na noite das explosões, apenas os tubos da LCY transportavam propeno na área. O propeno é um produto químico altamente inflamável, usado para fazer poliéster, e o único tipo de gás detectado nos locais da explosão. Fonte: Dow Jones Newswires.