A taxa de desemprego no México caiu para 3,9% em março, de 4,8% no mesmo mês do ano passado, aparentemente refletindo a melhora na economia do país. Não há a previsão, porém, de mais recuos nessa taxa, já que agora mais pessoas devem passar a buscar trabalho, na avaliação do Banorte. A taxa de desemprego sazonalmente ajustada caiu de 4,4% em fevereiro para 4,2% em março, segundo os números oficiais divulgados hoje.

Na avaliação do banco mexicano, os dados mais recentes de confiança do consumidor e balança comercial mostram que a economia mexicana manteve um crescimento forte, diante do melhor desempenho da demanda doméstica e externa. O Banorte prevê, contudo, que a taxa de desemprego “provavelmente continue nos atuais níveis durante o segundo trimestre de 2015”, já que a recuperação inicial da economia mexicana deve se traduzir primeiro em um aumento no número de pessoas buscando postos de trabalho. Fonte: Dow Jones Newswires.