O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, se reúne nesta terça-feira com funcionários da embaixada dos Estados Unidos em Moscou, em um evento privado. Tillerson viajou para conversas com autoridades do país sobre a guerra civil na Síria, na primeira visita oficial à Rússia de um integrante do gabinete do presidente Donald Trump.

Mais cedo, o presidente russo, Vladimir Putin, disse que as acusações de Washington contra o governo sírio de um ataque químico lembram as alegações feitas antes da invasão dos EUA no Iraque em 2003. Putin disse que alguns no Ocidente usam a Síria para retratar a Rússia como um “inimigo comum”.

No aeroporto em que Tillerson chegou houve um incêndio na grama, que foi controlado antes do pouso do avião. O Ministério da Defesa Civil disse que cerca de 100 metros quadrados de grama pegou fogo perto do aeroporto Vnukovo, antes da chegada da aeronave. O aeroporto também divulgou comunicado, no qual afirmava que o fogo próximo ao local não afetou suas operações.

Em comunicado de três páginas, o Ministério das Relações Exteriores russo disse que esperava “conversas produtivas” com Tillerson. Segundo o texto, o resultado do diálogo é importante não apenas para a Rússia e os EUA, mas também para a “atmosfera geral no cenário mundial”. Fonte: Associated Press.