Um tiroteio durante um festival de música eletrônica no resort Playa del Carmen, em Cancún, deixou ao menos cinco mortos, entre eles dois canadenses, um italiano e um colombiano, afirmaram autoridades locais.

Segundo o procurador-geral do Estado de Quintana Roo, o tiroteio ocorreu por volta das 2h30, horário local, na boate Blue Parrot, um dos que apresentam o festival. Miguel Angel Pech afirmou que um homem sozinho entrou no clube e começou a trocar tiros com outra pessoa. Os seguranças do festival tentaram interromper o tiroteio, mas ficaram presos na troca de fogo. Pech ainda descartou a possibilidade de um ataque terrorista.

A troca de tiros fez as pessoas saírem correndo da boate, o que causou a morte de uma mulher, pisoteada.

Outras 15 pessoas ficaram feridas, uma com ferimentos graves.

De acordo com Pech, três pessoas foram detidas nas cercanias, mas não se sabe se elas tiveram envolvimento com o tiroteio.

Rodolfo Del Angel, diretor da polícia do Estado de Quintana Roo, afirmou à rede de televisão local que o tiroteio foi resultado de um “desentendimento entre dois presentes”. Fonte: Associated Press.