Um funcionário da Universidade do Estado de Ohio, nos Estados Unidos, abriu fogo hoje em um prédio de manutenção do campus. O ataque resultou na morte de uma pessoa e em dois feridos. O chefe da polícia da universidade, Paul Denton, disse em entrevista coletiva que os dois feridos foram levados para o centro médico da instituição. Um deles está em estado grave, enquanto o outro segue estável. Não há informações claras sobre qual deles é o suspeito pelo ataque.

O funcionário foi declarado morto ainda na cena do crime. Funcionários fortemente armados do campus vasculhavam a área, incluindo a planta de produção de energia da universidade, até prender um suspeito do atentado. A polícia não divulgou nenhum nome. Investigadores tentam ainda determinar a motivação do suspeito, informou Denton.

A Universidade é a maior dos EUA. A instituição informou que nenhum de seus estudantes de feriu e as aulas ocorrerão normalmente. O prédio da manutenção, local do ataque, fica a leste do Ohio Stadium, onde a equipe de futebol americano da universidade costuma jogar.