Pelo menos dez pessoas morreram e aproximadamente 50 ficaram feridas em razão de um tornado que atingiu nesta madrugada um povoado na província de Misiones. O local afetado fica no noroeste argentino, na fronteira com o Brasil, segundo as autoridades. O epicentro do fenômeno foi o povoado de Santa Rosa, município de San Pedro, a 1.460 quilômetros ao norte de Buenos Aires.

“O tornado foi realmente fora do comum”, afirmou o diretor de Rendas de San Pedro, Paulo Albes. “Foi uma tragédia para a população”, disse, em entrevista ao canal TodoNoticias. Ele afirmou que o tornado começou antes da meia-noite, mas alcançou máxima intensidade na madrugada. O fenômeno também provocou sérios prejuízos nas casas da região, que fica próxima ao Rio Grande do Sul.

“Desapareceu o monte, casas. Havia nessa colônia um centro de saúde inaugurado há três anos e desapareceu”, relatou o prefeito de San Pedro, Orlando Wolfart, à agência Noticias Argentinas. No Uruguai, uma tormenta com fortes ventos derrubou telhados e árvores, a norte e nordeste de Montevidéu. Não houve registro de feridos no país.