Um total de 258 iraquianos morreram vítimas de atos de violência em fevereiro, de acordo com autoridades. O número mostra um forte aumento de 35% em relação às 191 pessoas mortas em janeiro. No primeiro mês de 2009, foi registrada a menor quantidade de vítimas desde a invasão do exército norte-americano no Iraque em 2003.

Segundo dados dos Ministérios da Defesa, Interior e Saúde, 211 civis, 17 soldados e 30 policiais morreram em fevereiro. Além disso, 456 civis, 31 soldados e 61 policiais foram feridos.

O aumento das mortes em fevereiro é em parte atribuído a um ataque suicida no dia 13 em Iskandiriyah, que causou a morte de 35 peregrinos xiitas que seguiam para uma cerimônia religiosa. As informações são da Dow Jones.