Um terremoto de 6,1 de magnitude na escala Richter sacudiu hoje a região central peruana, informou o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS). Segundo as autoridades peruanas, o tremor não causou danos graves.

O epicentro do terremoto, que foi registrado às 4h38 (hora local, 6h38 de Brasília), foi localizado a 143,3 km de profundidade, que o situou a 34 quilômetros de Pucallpa, no Departamento (Estado) de Ucayali, na planície amazônica, e a 191 quilômetros de Cruzeiro do Sul (AC), na fronteira com o país andino.

O tremor, sentidos em localidades como Lima, Huánuco e Áncash, causou algumas cenas de pânico em Pucallpa, embora não tenham sido registradas vítimas nem danos materiais consideráveis, segundo a imprensa local.

O chefe de Defesa Civil da Província, Jairo Goreau, afirmou que foram registrados quedas de energia e congestionamento das linhas telefônicas devido às pessoas que tentavam falar com familiares. As autoridades peruanas registraram a magnitude de 6,4.

Os abalos sísmicos são comuns no Peru por estar próximo ao Círculo de Fogo do oceano Pacífico. O país prepara em outubro uma simulação noturnas de terremoto e tsunami para que os peruanos estejam prontos para futuros incidentes.