O Itamaraty informou em nota que, de acordo com relato recebido do Encarregado de Negócios do Brasil em Porto Príncipe, Cláudio Campos, o prédio da Embaixada do Brasil sofreu sérios abalos em razão do terremoto que atingiu o Haiti. Segundo o texto, não houve vítimas entre os funcionários brasileiros. O Itamaraty também comunica que montou uma sala de crise que vai funcionar 24 horas por dia, sob a coordenação do embaixador Marcos Vinícius Pinta Gama.

O Ministério da Defesa divulgou ainda um comunicado ontem à noite no qual relata que houve danos materiais em instalações militares brasileiras. A nota informa que o Brasil mantém no Haiti 1.266 militares na missão de paz das Nações Unidas. Segundo o ministério, só hoje será possível um levantamento detalhado dos danos. Mais cedo, a assessoria do ministério havia reconhecido a probabilidade de haver brasileiros feridos, mas disse que não havia registro de mortos.