O Tribunal Constitucional da Turquia julga na segunda-feira (31) o pedido que pode ilegalizar o AKP, partido governista, sob acusação de atentar contra o estado laico no país.

A União Européia advertiu ontem a Justiça turca a pensar no "interesse em longo prazo" da Turquia. A recomendação foi dada durante conferência na Eslovênia.